Friday, July 21, 2017

"Há" Vida Após a Morte

17 de Novembro de 2014


Disco Sucks! (O Disco não presta!) Noite da Demolição do Disco que ocorreu em 12 de Julho de 1979

No Verão de '79, o movimento Disco Sucks acabou com a minha banda CHIC. Mas a nossa canção "Good Times" chegou ao nº 1 apesar deste tumultuoso evento chamado Demolição do Disco... onde rebentaram com os nossos discos, assim como os de vários outros artistas do funk e música de dança.

Embora "Good Times" tenha atingido o topo das tabelas de vendas e tenha tido uma influência enorme na música em geral, a banda que compôs e tocou esta canção nunca mais viria a ter um êxito sob o nome CHIC.

Só o nosso amor pela múcica nos fez continuar. Tudo o que quisemos foi ser parte da comunidade da música pop que, apesar das facções, é basicamente tudo rock'n'roll - a música que dá voz a quem não tem voz - e poder a quem não tem poder.

O rock'n'roll é um estado mental - um colectivo de artistas que sonham que tudo é possível.

No final dos anos 1970, todo o tipo de negativismo começou a surgir, provavelmente uma reacção às vitórias percepcionadas dos movimentos underground que ostentavam os seus triunfos: a libertação das mulheres, a igualdade racial, os movimentos antiguerra e dos direitos dos homossexuais, etc. A única coisa que parecia unir as pessoas eram as discotecas.

Alguns dos maiores extremistas de esquerda e de direita encontravam-se todas as noites em clubes como o Studio 54... e em clubes que tentavam imitar o Studio 54 um pouco por todo o país. Passamos momentos bestiais juntos e gostávamos genuinamente uns dos outros como pessoas. Respeitávamos os diferentes pontos de vista políticos, religiosos e sexuais de cada um.

O meu país e, atrevo-me a dizer, o nosso mundo é muito diferente hoje em dia. Quando eu era criança, passava tempo com toda a gente, porque estávamos todos juntos.

À medida que os anos foram passando, perderam-se muitas das coisas maravilhosas da minha vida. A perda é apenas uma parte desta oferenda linda chamada vida.

Não só perdi a minha banda a seguir ao Disco Sucks, perdi também muitos dos meus colegas de banda... e perdi fisicamente as nossas gravações, quando o estúdio onde trabalhámos durante anos foi vendido. Foi quase pior que a morte. Esta música era a prova da existência de uma banda de música de dança, que tinha desenvolvido a sua arte neste lugar antes e depois do Disco Sucks.

No dia 20 de Junho de 2010, apareceram-me umas caixas em casa, cheias de cassetes que achava estarem perdidas para sempre. Senti que a minha banda original CHIC tinha mais uma oportunidade de viver. Alguns meses depois, fui diagnosticado com uma forma extremamente agressiva de cancro/câncer e disse: "Antes de morrer vou fazer tanta música que os CHIC nunca mais se voltarão a perder".

Nos últimos quatro anos, dei mais concertos e gravei mais discos do que em qualquer outro período da minha vida. Estou, no momento, livre de cancro/câncer e comecei a trabalhar nas gravações perdidas dos CHIC, que incluem: multi-faixas analógicas, duas faixas, cassetes, pautas escritas à mão e letras.

Há trinta e cinco anos, a CHIC Organization LTD original morreu comercial e espiritualmente. Os últimos membros originais sobreviventes, em conjunto com alguns dos meus colegas de banda actuais, fizeram uma sessão vocal de uma canção que tinha sido posta de parte, uma das raras que ainda existem. A sessão foi perfeita.

Essa faixa tem toda a gente da primeira sessão de gravação dos CHIC, até o Luther Vandross. Havia mais amor naquela sala do que voltei a sentir durante muito tempo.

Quem sabe não "Há" Vida Após a Morte?

 


Single "Good Times" dos CHIC


Diana Ross "Upside Down"


The Power Station


Cassetes analógicas de 2 faixas em estéreo dos CHIC - parte do conteúdo de uma caixa enorme que me apareceu em casa no dia 20 de Junho de 2010


O rock'n'roll é um estado mental - um colectivo de artistas que sonham que tudo é possível - aqui estão alguns que contratei para uma sessão do Bowie


Nos últimos quatro anos dei mais concertos e gravei mais discos que em qualquer outro período na minha vida


Antes de morrer vou fazer tanta música que os CHIC nunca mais se voltarão a perder


Eu e o Prince - mais concertos que nunca - Nova Orleães


Eu, o Jimmy Napes, os Disclosure e o Sam Smith - mais discos que nunca - Londres


Os últimos membros originais sobreviventes, em conjunto com alguns dos meus colegas de banda actuais


Adam Lambert, eu e o Avicii - mais discos que nunca - Os Hamptons


Os últimos membros originais sobreviventes, em conjunto com alguns dos meus colegas de banda actuais


Dá-me um C, Dá-me um H, Dá-me um I, Dá-me um C. Havia mais amor naquela sala do que voltei a sentir durante muito tempo


Mais concertos que nunca - Christine and the Queens - Paris

 


 

Blog Search